Turquia: Erdogan diz que ofensiva contra rebeldes curdos vai “continuar até ao fim” (vídeo)

(EURONEWS)

O Exército turco continua a focar a ofensiva contra os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão nas cidades de Cizre e Silopi, junto à fronteira com o Iraque e a Síria.

O Partido Democrático do Povo, pró-curdo, denuncia a violência e diz que, na ofensiva que dura há uma semana, foram mortos pelo menos 24 civis. Os meios de comunicação oficiais apenas relatam a morte de 168 militantes curdos no sudeste da Turquia.

No Parlamento, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan respondia desta forma acerca da eventual duração da ofensiva:

“A luta contra a organização terrorista separatista vai continuar até ao fim, sem hesitação.”

Na principal cidade da região de maioria curda, Diyarbakir, palco de protestos contra o recolher obrigatório imposto por Ancara, uma bomba detonada à distância por rebeldes do PKK resultou na morte de um soldado e em sete feridos, seis militares e um civil. Milhares de residentes abandonaram, nos últimos dias, o bairro de Sur, onde se registou o incidente. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | com REUTERS / EFE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA