Toshiba: reestruturação pode resultar no despedimento de 7 mil trabalhadores

(Toshiba)

A Toshiba tem passado por algumas dificuldades e pode estar a preparar um plano de reestruturação que pode resultar no despedimento de sete mil colaboradores.

A notícia é publicada pela agência de notícias japonesa Nikkei, que cita informações sobre um plano de reestruturação na empresa para reequilibrar as contas da empresa. Segundo a agência, as divisões de Lifestyle e as soluções empresariais na área de retalho podem ser as mais afetadas e que resultará em desinvestimento da empresa, bem como o despedimento da maioria dos sete mil colaboradores será feito nesta área.

Assim, a fábrica Ome, que faz televisões e computadores, deverá deixar de produzir TVs. Além disso, também já decidiu desistir dos sensores das câmaras nos smartphones, bem como a sua parte na Topcon, uma empresa que fabrica equipamento médico.

Também estarão com outras ideias, como vender a sua capacidade de produção na Indonésia a empresas chinesas ou de Taiwan, bem como aumentará o foco dos recursos em equipamentos de geração de energia, elevadores, ar condicionado e outros negócios relacionados a infraestruturas.

Este plano de reestruturação é uma consequência do escândalo financeiro recente, já que foi divulgado que a Toshiba manipulou os dados financeiros entre 2007 e 2014, apresentando receitas acima do real, correndo agora o risco de 7,3 milhões de ienes, quase 55 milhões de euros, pelas autoridades japonesas. (Tecnologia)

por Bruno Peralta

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA