‘Stonehenge da Amazónia’, o observatório astrológico erguido há mais de mil anos na floresta (vídeo)

(BBC)

Na Floresta Amazónica brasileira, existe um património arqueológico pouco conhecido até mesmo pelos brasileiros.

Descoberto em 2006, este observatório astrológico pré-colonial é composto por 127 blocos de granito com três metros de altura e teria sido construído há mais mil anos, segundo cientistas.

Localizado no Amapá, na fronteira com a Guiana Francesa, o chamado “Stonehenge da Amazónia” demarca movimentos cosmológicos, como o nascer do sol do solstício de verão, que cai neste ano no Brasil a 22 de Dezembro.

Há planos de fazer no local um parque nacional arqueológico, com visitas guiadas, para que o público possa conhecer melhor as civilizações que viveram na região antes da chegada dos ocidentais. (BBC)

Vídeo jornalista: Gibby Zobel

com agradecimentos ao Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA