Síria: Possível cessar fogo parcial em Damasco (vídeo)

(EURONEWS)

Na Síria, um acordo levado a cabo com a ajuda das Nações Unidas poderia permitir um cessa-fogo parcial na região de Damasco. A medida poderia permitir a milhares de rebeldes abandonarem o campo de refugiados palestinianos de Yarmouk, onde se infiltraram em abril.

As negociações implicam a existência de acordos entre alguns dos grupos de rebeldes e o governo sírio de Bashar al-Assad.

Alguns dos rebeldes poderão ser mesmo membros do autoproclamado Estado Islâmico (EI), que desejam ir para a cidade de Raqqa, a capital de facto do EI.

Cerca de 18 mil pessoas vivem nesse campo de refugiados. Encontram-se atualmente reféns das diferentes fações que lutam contra o governo sírio, por um lado, e do próprio governo, por outro, que as impede de abandonar a zona.

al-Assad pronto para negociar*

O governo de Bashar al-Assad diz entretanto estar pronto para negociações de paz, negociações que deverão ter lugar a partir fim de janeiro próximo.

O objetivo é o fim de uma guerra civil com quatro anos e cerca de duzentos e cinquenta mil mortos e milhões refugiados.

No entanto, Damasco afirma ser necessário saber que grupos de opositores se apresentarão à mesa de negociações, já que Bashar al-Assad considera a maior parte dos mesmos como terroristas. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA