Ler Agora:
Ruanda aprova emenda que permite novo mandato do presidente
Artigo completo 2 minutos de leitura

Ruanda aprova emenda que permite novo mandato do presidente

Os eleitores do Ruanda aprovaram a reforma constitucional que permite ao presidente Paul Kagame ser candidato a um terceiro mandato consecutivo e, se for o caso, governar o país até 2034, segundo os resultados parciais do referendo.

O “Sim” à emenda constitucional recebeu 98,13% dos votos, contra 1,71% para o “Não”, segundo resultados divulgados pela Comissão Eleitoral correspondentes a 21 dos 30 distritos, ou seja, 70% do país.

“Nós testemunhamos a vontade do povo. É claro que o que as pessoas querem, podem obter”, afirmou Kalisa Mbanda, presidente da Comissão Eleitoral.

O actual mandato de Kagame, o último permitido pela actual Constituição, termina em 2017.

No total, 6,4 milhões de ruandeses estavam registados para votar no referendo de reforma constitucional, que inclui vários artigos, em particular o 101 e o 172, que potencialmente autorizam Kagame, de 58 anos, a permanecer no poder por mais 17 anos.

Eleito presidente em 2003 e reeleito em 2010, com mais de 90% dos votos em cada ocasião, Kagame é o homem forte de Ruanda desde Julho de 1994, quando a Frente Patriótico Ruandesa (FPR) expulsou de Kigali os extremistas hutus e acabou com o genocídio iniciado três meses, que matou 800.000 pessoas, em sua maioria integrantes da minoria tutsi. (AFP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »