República do Congo e Angola reforçam cooperação económica

Plataforma de Petróleo Offshore (Foto: Francisco Miúdo)

A República do Congo e Angola vão trabalhar no relançamento da cooperação no domínio económico, visando a diversificação das suas economias, disse hoje (quinta-feira), em Luanda, o ministro congolês dos Negócios Estrangeiros, Jean Claude Gakosso.

Em declarações, à Angop, momentos após a sua chegada a Luanda, para uma visita oficial de cinco dias, o governante congolês apontou o domínio económico como um novo sector a explorar no âmbito do reforço das relações de cooperação entre os dois países.

Segundo Jean Claude Gakosso “os nossos dois países têm o projecto de diversificação das suas economias, sobretudo porque as economias dependem de um produto único, o petróleo, que está actualmente a ser vendido por cerca de 39 dólares o barril”.

Para o ministro, o principal ensinamento que se pode tirar desta situação “é que devemos trabalhar para diversificar as nossas economias”.

Recordou que Angola e o Congo possuem imensos recursos naturais, minerais, hídricos, terras aráveis e outros que lhes permitem fugir da dependência do petróleo.

“Com todos estes recursos nós trabalharemos e com o apoio dos nossos parceiros estrangeiros, como a China um parceiro que oferece boas garantias de financiamento, não temos duvidas que vamos atingir os nossos objectivos”, afirmou.

Angola e o Congo mantêm excelentes relações de cooperação, principalmente no domínio político e diplomático, além da amizade histórica e fraternal existente entre os dois países e a cooperação a nível das instituições regionais e internacionais de que são membros.

Esta é a primeira visita oficial de Jean Claude Gakosso, a Angola, desde que foi nomeado, ainda este ano, para o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros do Congo. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA