Reino Unido: projecto de lei de referendo sobre UE será adoptado antes do Natal

(Foto de ANDREW YATES/POOL/AFP/Arquivos)

O projecto de lei organizando o referendo sobre a adesão do Reino Unido à União Europeia será adoptado antes do Natal – disse nesta segunda-feira o governo britânico.

Os Lordes rejeitaram por 263 votos contra 246 uma emenda reduzindo para 16 anos a idade mínima exigida para participar nesta consulta.

Esta decisão removeu um obstáculo para a adopção do texto e foi imediatamente saudada pelo primeiro-ministro conservador David Cameron, que se comprometeu a organizar esta consulta antes do final de 2017.

“A decisão de hoje pela Câmara dos Lordes significa que o projecto de lei a organização do referendo será aprovado antes do Natal”, disse por sua vez o secretário de Estado dos Assuntos Europeus, David Lidington.

Na audiência perante a Câmara dos Lordes, Morgan de Ely, porta-voz da oposição trabalhista, tentou convencer seus colegas a votar a alteração, argumentando que os jovens devem ser envolvidos neste referendo susceptível de afectar seu futuro.

Mas Edward Faulks, secretário de Estado da Justiça, retorquiu que essa redução pode ser vista como uma tentativa de “manipular” a consulta, também insistindo que os próprios deputados tinham rejeitado.

“Devemos respeitar essa decisão. Repetidos confrontos entre as duas câmaras não são bons para o processo democrático”, declarou.

David Cameron vai estar neste fim de semana em Bruxelas para tentar convencer seus parceiros dos méritos das reformas que ele quer no seio da UE, a fim de evitar a saída da união. No entanto, ele já anunciou que ele não iria chegar a um acordo nesta reunião.

O Presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, espera agora um acordo em Fevereiro. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA