Redução da TSU mantém-se em empresas que pagam salário mínimo

(DR)

Segundo o ministro do Trabalho a medida abrange menos de 40% das empresas.

O Governo decidiu manter a redução da Taxa Social Única (TSU) em 0,75 pontos percentuais para as empresas com trabalhadores a receber o salário mínimo.
PUB

Segundo o Diário Económico, à saída da reunião o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse que a medida funcionará em moldes semelhantes “à que já tinha sido feita em 2010 e depois em 2014, mas terá um ajustamento para ser mais eficaz”.

Vieira da Silva referiu que a medida abrange menos de 40% das empresas, mas nem todos os parceiros ficaram satisfeitos com o acordo.

Ao contrário da proposta de aumento do salário mínimo para 530 euros, medida que reuniu consenso e sobre a qual faltam apenas, segundo Vieira da Silva, “limar algumas arestas”, a TSU terá agradado às confederações patronais, mas não à CGTP.

O acordo com os parceiros será decidido mais tarde, enquanto o valor do salário mínimo para 2016 terá de ficar fechado na próxima segunda-feira, no novo encontro da concertação social. (Noticiasaominuto)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA