Real Madrid dá ‘chapa’ 10 ao Rayo, que jogou mais de uma hora com nove

(FERNANDO ALVARADO/EPA)

O Real Madrid conseguiu hoje uma goleada das ‘antigas’ na receção ao Rayo Vallecano, ao vencer por 10-2 um conjunto que jogou mais de uma hora reduzido a nove unidades, em encontro da 16.ª jornada.

O Real Madrid conseguiu hoje uma goleada das ‘antigas’ na receção ao Rayo Vallecano, ao vencer por 10-2 um conjunto que jogou mais de uma hora reduzido a nove unidades, em encontro da 16.ª jornada.

A formação visitante esteve a vencer por 2-1, mas, aos 14 minutos, Tito viu o vermelho direto, depois de uma falta muito dura sobre Toni Kroos, e, aos 28, já com 2-2, o árbitro Ignacio Iglesias também deu uma ‘ajuda’, ao descobrir Raúl Baena no ‘meio’ de vários puxões, mostrando-lhe o segundo amarelo.

Com este resultado, para o qual o internacional português Cristiano Ronaldo contribuiu com dois golos, ‘contra’ três do francês Karim Benzema e quatro do galês Gareth Bale, o Real Madrid passou a contar 33 pontos, colocando-se, à condição, a dois dos líderes FC Barcelona e Atlético de Madrid.

O ex-portista Danilo inaugurou o marcador, aos três minutos, mas, num ápice, o Rayo deu a volta ao resultado, com tentos de Antonio Amaya, aos 10, e Jozabed, aos 12.

A expulsão de Tito, aos 14 minutos, hipotecou, porém, as hipóteses dos visitantes, com Bale a igualar o resultado, aos 25, antes do segundo amarelo a Baena, aos 28, para, dois minutos volvidos, Ronaldo marcar o respetivo penálti.

Face a nove unidades, a história do jogo foi a dos golos: foram mais sete, três de Bale (41, 61 e 70 minutos), que saiu aos 74, outros tantos de Benzema (48, 79 e 90), incluindo o emblemático 10.º, e o segundo de Ronaldo (53), que passou a contar 12 na prova.

Além de Ronaldo, também Pepe jogou os 90 minutos no Real Madrid, enquanto Zé Castro foi titular no Rayo Vallecano, saindo aos 80, e Bebé entrou aos 63. (OBSERVADOR)

por Lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA