Pré-candidatos democratas à presidência dos EUA debatem neste sábado

(AFP)

Os três pré-candidatos democratas à presidência dos Estados Unidos participam, neste sábado, do terceiro debate de campanha, em meio à forte tensão entre a favorita Hillary Clinton e seu oponente mais imediato, Bernie Sanders.

A crise explodiu na quinta-feira, depois que o Comité Nacional Democrata (CND) bloqueou o acesso da campanha de Sanders às bases de dados eleitorais diante de denúncias de que um de seus auxiliares técnicos obteve informações confidenciais da campanha de Hillary.

Sanders demitiu, imediatamente, o técnico de informática e entrou com uma acção legal contra o CND em um tribunal federal por “quebra de contrato”. Na noite de sexta-feira, porém, ambas as partes chegaram a um frágil acordo, na tentativa de apaziguar os ânimos antes do debate.

Hillary mantém-se como a ampla favorita para conseguir a indicação do partido para disputar a Casa Branca no ano que vem e, com sua impressionante capacidade de arrecadar doações, tem a pesada estrutura da máquina partidária alinhada por trás de sua candidatura.

Já o senador Sanders é um neófito no jogo democrata, já que suas quase duas décadas de actividade no Congresso foram como político independente.

Sem desfrutar ainda da plena confiança do partido, Sanders incomodou vários de seus correlegionários ao se definir como um “socialista democrático”, uma mensagem claramente destinada a atrair os sectores mais progressistas do campo democrata. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA