Petróleo cai após aumento das reservas dos EUA

(AFP)

O petróleo caiu nesta quarta-feira, em Nova York, após o anúncio do aumento das reservas americanas de cru, confirmando a abundante oferta mundial.

O preço do barril de “light sweet crude” (WTI) para Fevereiro perdeu 1,27 dólar e terminou em 36,60 dólares.

Em Londres, o barril de Brent também para Fevereiro perdeu 1,33 dólar, a 36,46 dólares.

“Todo mundo esperava que as reservas (de cru dos Estados Unidos) baixassem, como previam os analistas da agência Bloomberg”, declarou Phil Flynn, da firma Price Futures Group.

Quando os dados revelaram uma alta, “houve surpresa e o mercado caiu”, afirmou.

Na semana que terminou em 25 de Dezembro, as reservas americanas subiram 2,6 milhões de barris e ficaram em 487,4 milhões, de acordo com o informe do Departamento de Energia dos Estados Unidos.

Analistas da agência Bloomberg haviam previsto uma queda de 2,5 milhões de barris, o que teria estado alinhado com a inesperada queda de reservas da semana anterior.

O relatório também revelou aumentos na produção, o que se soma para manter o excesso de oferta mundial que reduziu os preços em quase 70% desde 2014.

Ainda assim, hoje, a Arábia Saudita, maior produtor mundial disse que não pretende reduzir a sua produção. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA