O poder do MPLA reside no povo – Roberto de Almeida

Roberto de Almeida, Vice - presidente do MPLA (ARQUIVO) (Foto: ANGOP)

O poder do MPLA reside no povo e repousa nas acções concretas e dinâmicas que este desenvolve sob orientação do Presidente do partido e da República de Angola, José Eduardo dos Santos, disse hoje, sexta-feira, em Saurimo, o vice-presidente do partido, Roberto de Almeida.

Em declarações à imprensa, no aeroporto Deolinda Rodrigues, onde fez uma breve paragem antes de seguir para a Lunda Norte, para no sábado dirigir o acto central do 59º aniversário do MPLA, Roberto de Almeida garantiu que o partido continuará a trabalhar na melhoria das condições sociais e económicas do povo angolano, porque é nele onde reside a sua força e poder.

Para Roberto de Almeida, os militantes têm sabido dinamizar e dar cada vez mais vida ao MPLA, acrescentando que o partido foi o movimento precursor da libertação do país e é o que teve em mãos a tarefa imensa de libertar o povo angolano da opressão colonial.

“Hoje somos um partido amplo e um dos maiores de África e temos a característica de juntar, reunir no nosso seio quadros e massas, o que nos dá a força e a vitalidade para realizarmos um trabalho coerente, abrangente, dinâmico de erguer Angola que sofreu bastante, melhorando a vida dos angolanos”, sublinhou.

O dirigente político reconheceu na ocasião, o papel desempenhado pelas duas organizações sociais do MPLA, designadamente JMPLA e OMA, no crescimento do partido.

Por outro lado, manifestou-se satisfeito com o trabalho desenvolvido pelo comité provincial do partido na Lunda Sul, consubstanciado na organização funcional, fortalecimento junto da população e do contínuo crescimento de militantes.

“Nós temos acompanhado a actividade do partido nesta província e temos estado a par do crescimento que resultou da revitalização das nossas células que se desdobraram e se transformaram em Cap, que têm dado toda a força e vitalidade à acção de todo partido”, reconheceu.

O acto central do 59º aniversário da fundação do MPLA (10 de Dezembro de 1956), terá lugar no Estádio Sagrada Esperança, no município do Dundo, província da Lunda Norte. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA