Naufrágio no mar Egeu mata 18 migrantes

(AFP)

Dezoito migrantes morreram afogados na sexta-feira à noite em um naufrágio no mar Egeu, perto da Turquia, quando a embarcação seguia para a ilha grega de Kalimnos, informa a imprensa turca.

A Guarda Costeira da Turquia conseguiu resgatar 14 pessoas, de nacionalidades síria, iraquiana e paquistanesa, segundo a agência Dogan.

As pessoas resgatadas foram internadas por hipotermia em estado grave, completou a agência de notícias.

Os migrantes haviam iniciado a viagem na localidade turca de Bodrum (sudoeste), em uma embarcação precária que afundou a duas milhas náuticas da costa turca, afirmaram os sobreviventes.

Desde o início do ano, mais de 650.000 migrantes tentaram chegar pelo mar às ilhas gregas, segundo a ONU. A grande maioria fugia da guerra, em particular o conflito da Síria, e mais más de 500, sobretudo crianças, morreram durante a tentativa, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Na quinta-feira, oito países da União Europeia (UE) e a Turquia organizaram uma pequena reunião de cúpula sobre a crise migratória, a mais grave no continente desde a Segunda Guerra Mundial.

Ancara e Bruxelas alcançaram no final de novembro um acordo que prevê uma ajuda europeia de três biliões de dólares para a Turquia em troca de um melhor controle das fronteiras, além da cooperação no combate aos traficantes de pessoas que actuam em seu território.

A Turquia abriga 2,2 milhões de refugiados sírios. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA