MPLA/BP: Declaração sobre o 59º Aniversário da Fundação do MPLA

MPLA (MPLA)

MPLA

BUREAU POLÍTICO DO COMITÉ CENTRAL

DECLARAÇÃO

SOBRE O 59º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO DO MPLA

 Por ocasião do 59º aniversário da fundação do MPLA, que se celebra a 10 de Dezembro de 2015, o Bureau Político do Comité Central saúda todo o povo angolano, de Cabinda ao Cunene e no exterior do país, exortando-o a manter aceso o facho, para fazer de Angola uma verdadeira Pátria de trabalhadores, onde cada um continue a contribuir para o seu desenvolvimento multifacetado.

 Nesse dia, no ano de 1956, um grupo de patriotas angolanos deu a conhecer ao Mundo o Manifesto do amplo Movimento Popular de Libertação de Angola, no qual apelava, às várias correntes políticas existentes na época, para a sua aglutinação na luta contra a ocupação colonial portuguesa, que só terminou após uma árdua Epopeia de Libertação Nacional, que culminou em 11 de Novembro de 1975, com a proclamação da Independência do país.

 Cinquenta e nove anos após a sua fundação e 13 anos depois da conquista da paz definitiva em Angola, o MPLA continua empenhado na construção de um projecto nacional abrangente, que enalteça o orgulho nacional e a auto-estima dos angolanos e que transforme Angola num país próspero, em que seja erradicada a fome e a pobreza.

 Para tal, o MPLA pugna por uma governação eficiente e por um Estado forte, democrático e moderno, com um elevado nível de desenvolvimento científico e técnico-cultural, inserido na economia regional e mundial, proporcionando ao povo angolano os mais altos padrões de vida e de bem-estar social, não obstante as adversidades que têm surgido nesta heróica caminhada.

Neste contexto e como referiu o Camarada Presidente JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, “a vida tem demonstrado que o MPLA é, de facto, o principal impulsionador do processo democrático em curso no nosso país e das campanhas para a organização da sociedade civil e a sua participação construtiva na resolução dos problemas do povo, bem como para a afirmação de Angola como Nação unida e soberana, que almeja a prosperidade para todos”.

No plano material, o MPLA, que recebeu o mandato do povo para governar, levou a cabo o processo de reconstrução nacional pós-conflito e lançou as bases seguras para promover o desenvolvimento económico e social e o bem-estar das populações, adoptando uma nova postura de readequação do relacionamento internacional à nova realidade, em particular com o crescente potencial dos países emergentes e em vias de desenvolvimento.

As comemorações do 59º aniversário da fundação do MPLA coincidem com a realização, a 09 e 10 de Dezembro, em Luanda, do 1º Encontro Nacional de Quadros do Partido, com o propósito de aprofundar a reflexão sobre a sua política nesse sector, no actual contexto do desenvolvimento socioeconómico de Angola.

Nesta senda, o MPLA considera que o Partido deve dispor de militantes dotados de competências, não só para acompanharem as inovações tecnológicas, mas, também, para realizarem um bom trabalho político-educativo junto das comunidades, contribuindo, assim, para a resolução dos múltiplos e complexos problemas económicos, sociais e culturais do país.

Neste momento de festa, o MPLA renova, em nome dos seus militantes, simpatizantes e amigos, o seu firme propósito de continuar a luta, em defesa da independência, para consolidar a paz, reforçar a democracia e preservar a unidade e coesão nacional; para garantir os pressupostos básicos necessários ao desenvolvimento; para melhorar a qualidade de vida dos angolanos; para elevar a inserção da juventude na vida activa; para apoiar o empresariado nacional e para reforçar a inserção competitiva de Angola no contexto internacional.

MPLA – COM O POVO, RUMO À VITÓRIA

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA

A VITÓRIA É CERTA.

 

Luanda, 10 de Dezembro de 2015.

O BUREAU POLÍTICO DO COMITÉ CENTRAL DO MPLA.

(nota de imprensa enviada à nossa redacção com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA