Moxico: Registados 362 casos de violência doméstica na província

(NOVOJORNAL)

Trezentos e 62 casos de violência doméstica foram registados, de Janeiro a Dezembro de 2015, pela Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher, menos seis casos em comparação ao igual período anterior.

De acordo com um relatório de balanço anual da instituição, a que à Angop teve hoje, sábado, acesso, no Luena, a diminuição deveu-se as palestras de sensibilização realizadas em unidades militares e policiais, igrejas e bairros periféricos da cidade do Luena.

O abandono familiar lidera a lista, com 105 casos, seguida da violência psicológica (100), fuga a prestação de alimentos (88), agressão física (54, violência patrimonial (12), fuga a paternidade (01) e dois casos de abuso sexual.

O relatório esclarece que foram realizadas neste período, 163 palestras sobre os temas mais cadentes da actualidade, com destaque contra a gravidez e casamento precoces, minha família minha inspiração, o papel do pai na transmissão dos valores, o resgate de valores morais cívicos e culturais, a violência doméstica, desenvolvimento e qualidade de vida, o papel da mulher na família e na igreja, bem como a divulgação da lei 25/11 sobre a violência doméstica.

As palestras decorreram no âmbito da valorização da família e aumento das competências familiares e tiveram como objectivo promover acções de educação e sensibilização das famílias e da sociedade em geral, sobre o quadro actual, desencorajar as práticas culturais que incentiva a gravidez e casamento precoce, reforçar acções educativas da mulher, em particular da jovem rapariga, aumento das competências familiares, entre outros. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA