Moxico: Jovens esclarecidos sobre consequências da gravidez precoce

Jovens esclarecidos sobre consequências da gravidez precoce (Foto: Angop)

A directora clínica da Maternidade Provincial do Moxico, Rodeth Neli, disse hoje, no Luena, que a perca de interesse aos estudos, conflito na família e enfraquecimento do organismo, constituem consequências da gravidez precoce.

Em declarações à Angop, à margem de uma palestra sobre “gravidez na adolescência”, referiu que as consequências em referência resultam da contracção da gravidez precoce, a contraída antes dos 18 anos.

Sustentou que antes desta fase, o organismo da mulher não está preparada para poder acolher um novo ser humano, porque os seus órgãos de reprodução estão pouco desenvolvidos e ao serem reforçados provocam desequilíbrios fisiológicos.

Para tal, sugeriu ser necessário maior diálogo entre pais e filhos para evitar as gravidezes indesejadas, além de desencorajar o uso de roupas indecentes que leva ao cometimento de crimes de violação sexual ou abuso sexual.

O certame juntou vários jovens das distintas denominações religiosas sediadas na cidade do Luena, num encontro que teve como objectivo principal informar aos jovens as medidas de prevenção da gravidez na adolescência por ser um flagelo preocupante nos últimos tempos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA