Moscovo: reunião entre Kerry e Lavrov começou há mais de duas horas

(EURONEWS)

Washington precisa de Moscovo para por fim à guerra na Síria, mas as divergências sobre o papel de Bashar Al Assad na transição política do país não ajudam a um entendimento.

O secretário de Estado norte-americano está, hoje, reunido com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo na tentativa de alinhar posições com o principal aliado do regime sírio.

Os Estados Unidos contam com a Rússia para sentar à mesa das negociações Bashar Al Assad e a oposição síria. Até ao momento, o regime sírio não manifestou qualquer interesse na iniciativa.

A terceira ronda de negociações do chamado grupo internacional de apoio à Síria continua por confirmar.John Kerry e Serguei Lavrov devem discutir os detalhes para a reunião em Nova Iorque a 18 de dezembro entre os países que apoiam e se opõem ao regime sírio.

O encontro insere-se no chamado processo de Viena. Em novembro, 17 países – entre eles a Rússia e Irão – chegaram acordo sobre um roteiro de transição política para a Síria. O plano prevê um encontro entre governo sírio e oposição no início de janeiro; um governo de transição no espaço de meio ano e eleições no prazo de 18 meses. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA