Ministério da Agricultura aposta na melhoria dos programas

Afonso Pedro Canga - Ministro da Agricultura (Foto: Francisco Miudo)

O Ministério da Agricultura continuará a melhorar os programas de apoio ao crédito ao empresariado e aos camponeses, com vista a incrementar a diversificação da economia nacional, informou nesta sexta-feira, em Luanda, o titular da pasta, Afonso Pedro Canga.

Para o ministro, que falava à imprensa à margem do acto de cumprimentos de fim de ano ao Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, realizado no Palácio Presidencial, o Executivo “tudo está a fazer para cumprir a sua parte e os empresários também a sua”.

“Agora precisamos de relançar mecanismos mais eficazes de concessão de créditos, com vista o apoio ao empresariado nacional e camponeses”, referiu Afonso Pedro Canga, que considerou a Agricultura um dos sectores fundamentais para o relançamento da actividade produtiva, no quadro da diversificação da economia.

Na ocasião, José de Carvalho da Rocha, ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, deu a conhecer que actualmente estão em curso trabalhos para a concretização de uma legislação que tratará de disciplinar os usuários das redes sociais.

“Não se trata de proibir ou espiar. É preciso tomar medidas que melhorem a utilização das tecnologias de informação”, disse o governante.

Hoje, o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, no seu discurso dirigido a Nação angolana, por ocasião do ano novo, precisou que as redes sociais constituem uma conquista técnica e científica de toda a Humanidade, de que os angolanos devem beneficiar para melhorar o seu acesso ao conhecimento, mas não devem ser utilizadas para violar o direito das pessoas, expor a vida íntima de quem quer que seja, caluniar, humilhar e veicular conteúdos degradantes e moralmente ofensivos.

“O país deve dispor o mais depressa possível de legislação adequada para orientar a sociedade e as instituições e reprovar ou prevenir o surgimento deste tipo de práticas, que são inaceitáveis”, citou o Presidente José Eduardo dos Santos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA