Michel Platini vai manter-se suspenso do mundo do futebol

Michel Platini, após o iterrogatório no Tribunal Arbitral de Desporto, 8 Dezembro de 2015 (REUTERS/Denis Balibouse)

Michel Platini vai continuar suspenso de toda a actividade ligada ao futebol até 5 de Janeiro de 2016. A decisão foi tomada esta sexta-feira pelo Tribunal Arbitral do Desporto de Lausana, no quadro do caso da controversa transferência de 1,8 milhões de euros da FIFA.

O Tribunal Arbitral do Desporto rejeitou esta sexta-feira o recurso apresentado por Michel Platini da suspensão de 90 dias como presidente da UEFA que lhe foi imposta pelo Comité de Ética da FIFA. “Eu espero que Michel Platini esteja na tiragem do Euro 2016″. O desejo de Noel Le Graet, presidente da Federação francesa de Futebol não foi ouvida. Ontem, enquanto Le Graet falava se exprimia sobre o caso de Karim Benzema, o patrão do futebol disse tudo o que pensava sobre Platini. Mas o Tribunal Arbitral de Desporto não teve em conta nem os propósitos de Graet, nem os de Michel Platini que se veio defender. ” Vocês sabem que não gosto de injustiças, espero que as pessoas tenham percebido isso”.

Platini impedido de presidir sorteio para o Euro 2016

Esta decisão mantém Platini suspenso até 5 de Janeiro e impede-o de presidir no sábado à cerimónia do sorteio para a fase final do Europeu de 2016, como era o desejo do presidente da UEFA.

O Comité de Ética da FIFA, tinha afastado o antigo jogador da selecção francesa, no passado mês de Outubro, no quadro da controversa transferência de 1,8 milhões de euros em 2011 do ainda presidente do organismo, Joseph Blatter, para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002. A UEFA mantém suspenso o seu processo de candidatura às eleições para a presidência da FIFA, marcadas para 26 de Janeiro. O Comité de Ética suspendeu, igualmente, por implicação no escândalo de corrupção Joseph Blatter e o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA