Malanje: Empresários franceses pretendem investir no sector agrícola na província

Empresário Franceses (Foto: Pedro Parente)

A conselheira económica da Embaixada de França em Angola, Catherine Dumerché afirmou hoje, quinta-feira, nesta localidade, que um grupo de empresários do seu país pretende investir nos próximos tempos no sector agrícola na província de Malanje, com vista a contribuir na diversificação da economia e na redução da fome e da pobreza, para além da criação de novos postos de trabalho.

A diplomata que chefiou uma delegação da missão França/Angola que visitou hoje alguns projectos agrícolas de Cacuso, com realce para o Pólo Agro-industrial de Capanda, Fazenda Pedras Negras e a companhia de biocombustíveis de Angola (Biocom), referiu que para se concretizar tal intenção, é necessário se firmar uma parceria entre o governo angolano e os empresários franceses, por forma a se formalizar os negócios.

Salientou que muitas empresas francesas ligadas a consultoria de agricultura e indústria alimentar, nutrição vegetal, indústria leiteira, bem como no fabrico de material de irrigação, estão interessadas em investir em Malanje, com vista a melhorar o sector agrícola na província.

Por seu turno, o director do gabinete de estudos, planeamento e estatística do governo de Malanje, Rui Ramos reconheceu que o potencial agrícola da província permite a atracção de novos investimentos públicos-privados, razão pela qual o governo estará aberto a estas iniciativas, uma vez que já tem gizado programas estratégicos que visam impulsionar a diversificação da economia.

Realçou que com a chega do comboio e a construção da plataforma logística da comuna do Lombe, fica facilitada a integração de novas empresas em Malanje, porquanto constitui prioridade do governo criar melhores condições de vida e bem-estar dos cidadãos.

A comitiva francesa trabalhou no município de Cacuso, com objectivos de constatar os projectos do sector agrícola de Malanje e abordar com as autoridades da província as possíveis áreas de investimentos franceses.

Depois de visitas vários empreendimentos no município de Cacuso, a conselheira Catherine Dumerché foi recebida em audiência na cidade de Malanje, pelo governador provincial, Norberto dos Santos, a quem manifestou a pretensão de investimento de operadores económicos do seu país.

A caravana que integra vários empresários franceses do ramo da agricultura, regressa sexta-feira à Luanda. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA