Lunda Sul: Realizadas 16.206 consultas externas em Cacolo

Realizadas 16. 206 consultas médicas em Cacolo (ARQUIVO) (Foto: Angop)

Dezasseis mil e duzentas e seis consultas externas de pediatria e medicina geral foram realizadas nas 12 unidades sanitárias que o município do Cacolo dispõe, de Janeiro até a presente data.

De acordo com o relatório da direcção municipal da saúde, referente a actividade realizadas no período em referência, enviado quarta-feira, à Angop, das consultas realizadas foram diagnosticadas13.629 patologias diversas com destaque para malária, doenças diarreicas e respiratórias agudas, parasitose intestinal, conjuntivite, hipertensão, hipotensão e infecções de transmissão sexual.

Segundo o documento, dos pacientes assistidos nas unidades sanitárias da região, 326 foram internados, 27 transferidos para o hospital provincial da Lunda Sul e 271 receberam alta, acrescentando que no período em referência nove pacientes morreram por diversas causas.

O documento refere ainda que a malária continua a liderar a lista, com mais de quatro mil casos, seguindo-se as doenças diarreicas e respiratórias agudas com 3.843 e 1.613.

Em 2014, o sector realizou 39 mil e 456 consultas externas diversas.

O sector da saúde no município de Cacolo funciona com 53 funcionários, dos quais dois médicos, três técnicos superior, 38 técnicos de enfermagem e de diagnósticos terapêuticos e 20 administrativos.

O município que dista a 145 quilómetros da cidade capital da Lunda Sul (Saurimo), dispõe de quatro centros de saúde, sete postos de saúde, um hospital municipal e uma maternidade.

Cacolo tem 30 mil e 524 habitantes, distribuídos pelas comunas de Cacolo, Alto Chicapa, Xassengue e Cucumbi, segundo dados preliminares do Recenseamento Geral da População e Habitação, realizado em Maio de 2014. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA