Iraque diz ’não’ ao apoio turco para libertar Mosul

(REUTERS/ Stringer)

O Iraque não permitirá a nenhum país enviar tropas para libertar Mosul dos militantes do Daesh, disse o brigadeiro-general Yahya Rasul, porta-voz do Comando de Operações Conjuntas iraquiano.

Em 4 de Dezembro, a Turquia implantou cerca de 150 soldados e 25 tanques no norte do Iraque supostamente para ajudar as forças nacionais a recuperar a cidade de Mosul, que havia sido capturada pelo Daesh em Junho de 2014.

“O governo anunciou que não quer a participação de quaisquer tropas, excepto as iraquianas, na libertação de Mosul. Não se trata da participação de tropas turcas ou quaisquer outras, especialmente tendo em conta a multiplicidade das tropas iraquianas, incluindo militares, tribos e milícia popular», disse Rasul ao jornal Al-Hayat.

Ele frisou que o Iraque não permitirá que qualquer outro país envie tropas para libertar Mosul.

No início de Dezembro, Bagdad exigiu a retirada das tropas turcas do seu território, enquanto Ancara justifica a implantação com a necessidade de proporcionar segurança aos soldados turcos enviados mais cedo para treinar as milícias locais. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA