Incêndio causa morte de seis pessoas da mesma família em Cacuaco

Local de incêndio (Ilustração) (Foto: Antonio Escrivao)

Um incêndio de médias proporções causou, na noite de domingo, a morte de seis pessoas membros da mesma família no bairro Belo Monte, no município de Cacuaco, em Luanda.

O porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Faustino Minguês, disse hoje à Angop, que morreram no incêndio pai e mãe e quatro filhos.

Segundo o oficial, o incêndio foi provocado por abandono de vela acesa quando a família dormia. A vela gastou e atingiu a roupa de cama e os colchões.

Faustino Minguês afirmou que a Comissão local de Protecção Civil esta a prestar o apoio moral, material e financeiro necessário para as exéquias.

Acrescentou que apesar das campanhas de sensibilização realizadas pelos bombeiros junto das comunidades, com realce para a periferia, continuam a registar-se muitas mortes provocadas por incêndios ou inalação de monóxido de carbono.

Em sua opinião, cerca de 90 porcento dos incêndios, na capital do país, são originados por negligência e curto-circuito, com prejuízos materiais avultados e também humano

Garantiu que as campanhas de sensibilização vão continuar a ser feitas em todas as localidades, através dos órgãos de Comunicação Social, distribuição de panfletos e a realização de palestras em locais públicos, com as ilustrações sobre as regras básicas de prevenção de incêndios e correcto manuseamento de geradores.

Informou que durante os fim-de-semana foram registas outras 23 ocorrências, menos oito com relação ao mesmo período anterior, com nove incêndios por negligência e curto-circuito, tendo afectado os sectores da habitação e comércio nos distritos urbanos da Maianga, Ingombota e Samba, município de Belas, Cacuaco e Viana.

O serviço de Bombeiros registou igualmente dois acidentes de viação com vítimas encarceradas, na Maianga e município de Belas, e o derrame de combustíveis na via pública na Avenida Pedro de Castro “Loy”, Kilamba Kaix.

Os bombeiros resgataram, no município de Belas, o cadáver de uma criança de 12 anos de idade, vítima de afogamento, no bairro do Kifica, no interior de um reservatório subterrâneo de água (tanque de água).

Quanto aos serviços pré-hospitalares, o porta-voz disse que os bombeiros realizaram onze evacuações para unidades hospitalares públicas e privadas a partir da via pública e residências, sendo os assistidos vítimas de acidentes de viação e patologias diversas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA