Filipe Mukenga quer mais escolas de formação musical

Filipe Mukenga (Foto: Angop/Arquivo)

O cantor Filipe Mukenga defendeu quarta-feira, no Lubango, Huíla, a construção no país de mais escolas de formação de músicos, na perspectiva de engrandecer esta arte, principalmente para a nova geração.

Em declarações à Angop, nesta cidade, disse ser necessário que se criem escolas nas restantes províncias, à semelhança de Luanda, no sentido de proporcionar qualidade a produção musical, desde a composição de letras à musicalização das mesmas.

O conceituado músico angolano afirmou que a criação destas instituições permitirá com que o país tenha, a curto prazo, artistas profissionais capazes de criar e internacionalizar a música nacional, deixando de o fazer de forma empírica.

Lembrou que a música consumida no país é maioritariamente feita por produtores estrangeiros, por falta de quadros neste domínio, o que leva “muitos” músicos, principalmente jovens, a fazer música sem qualquer base de conhecimento.

O também compositor advogou ainda maior interacção entre a velha e nova gerações, no âmbito do programa de desenvolvimento cultural, na perspectiva do intercâmbio de experiência e conhecimentos.

“Nós precisamos de passar o testemunho a nova geração, porque aos poucos estamos a desaparecer e é importante que a música tradicional de Angola se mantenha firme, pois ela é a nossa identidade cultural”, sublinhou. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA