Huambo: Polícias Fiscais devem estar profissionalmente capacitados

Huambo: Delegado provincial do Ministério do Interior, Elías Dumbo Livulo (Foto: Edilson Domingos)

O delegado do Ministério do Interior na província do Huambo, comissário Elias Dumbo Livulo, afirmou quinta-feira, nesta região, ser oportuno que o efectivo da Polícia Fiscal esteja profissionalmente capacitado, para redobrar as suas acções no apoio à gestão operacional da Administração Geral Tributária (AGT).

Segundo o responsável, que intervinha na abertura do 4º conselho consultivo alargado da unidade local de Polícia Fiscal, é necessário que os quadros deste órgão estejam suficientemente formados, para poderem exercer com profissionalismo as tarefas emanadas superiormente, com vista à protecção da economia nacional.

Referiu que a polícia fiscal é uma força especializada do Comando Geral da corporação, com a missão de assegurar a fiscalização de mercadorias que entram, transitam e saem do país, além da prevenção, investigação e repressão dos crimes e transgressões fiscais, colaborando, deste modo, com a execução da política de defesa e ordem pública.

Disse que a sua boa prestação de serviços deve estar consubstanciada na protecção do sistema económico nacional, tendo em atenção a defesa da saúde pública e do património do país.

Cabe à polícia fiscal, de acordo com oficial comissário, garantir a protecção e o asseguramento das repartições fiscais, devendo, para o efeito, estreitar as relações de trabalho com a direcção da Administração Geral Tributária.

Elias Dumbo Livulo instou o efectivo deste órgão no sentido de intensificar, cada vez mais, as acções de fiscalização externa, para permitir que os agentes económicos paguem os direitos e as demais imposições aduaneiras, visando o aperfeiçoamento do sistema tributário. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA