HRW quer que Bush seja investigado por uso de tortura em interrogatórios

(AFP)

O ex-presidente George W. Bush e vários funcionários de seu governo deveriam ser investigados por conspiração para torturas e por outros crimes, afirmou nesta terça-feira a ONG Human Rights Watch (HRW) em um relatório.

O grupo condena a falta de investigações dos envolvidos no programa secreto da Agência Central de Inteligência (CIA), que passou a torturar detidos depois dos atentados do 11 de Setembro de 2001.

O documento acrescenta que há evidências suficientes para que o procurador-geral ordene uma investigação criminal.

O relatório de 153 páginas enfatiza que as evidências que apoiam uma acção criminal se encontra nas chamadas técnicas de “interrogatórios reforçados”.

A organização assinala vários altos funcionários do governo Bush, incluindo o próprio ex-presidente, o então director da CIA George Tenet, o ex-procurador-geral John Ashcroft e o ex-vice-presidente Dick Cheney.

A isso se somam as recentes denúncias dos ex-presos torturados pela CIA aos psicólogos que ajudaram a por em andamento esses métodos de interrogatório.

Os Estados Unidos ratificaram a Convenção contra a Tortura em 1988, o que obriga o governo a investigar acusações neste sentido. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA