Grupos carnavalescos exortados aprimorarem pela organização interna

Jovelina Imperial - Vice-Governadora de Luanda (Foto: Gaspar dos Santos)

A vice-governadora de Luanda para área politica e social, Jovelina Imperial, exortou hoje, quarta-feira, os grupos de carnaval a aprimorarem os seus níveis de organização interna, constituindo estruturas sólidas de forma a melhorarem os seus níveis de participação.

Jovelina Imperial fez este pronunciamento na abertura do encontro provincial do carnaval, que se realizou no Museu de História Natural, em Luanda, adiantando que um dos aspectos importante é a aprovação dos estatutos da organização, de modo que os grupos tenham personalidade jurídica.

Segundo a também coordenadora do carnaval de Luanda, essa personalidade jurídica permitirá alcançar outros patamares que favorecerão o contacto dos grupos com outras entidades.

Apelou aos grupos a procurarem parcerias com instituições que as possam apoiar para obterem maior qualidade na canção, na dança, no painel, na alegoria e em outros itens importantes da classificação.

“Os grupos têm de procurar a sua autonomização desenvolvendo acções que levem a obter rendimento que vai permitir uma preparação sem sobressaltos. Neste capítulo, as administrações locais devem dedicar atenção especial aos grupos representantes da sua localidade”, acrescentou.

Para Jovelina Imperial, a Associação Provincial do Carnaval de Luanda (APROCAL) deve ter um papel mais interventivo, desenvolvendo uma relação de maior proximidade e profícua com os grupos de carnaval, estabelecendo uma agenda própria, que visa apoiar os grupos nos mais distintos aspectos.

Presenciaram o encontro o secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, administradores municipais, responsáveis da cultura, dos grupos carnavalescos e da APROCAL. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA