Diplomatas expressam satisfação pelo empenho do país no Conselho de Segurança

Encerramento da Reunião dos Embaixadores (Foto: Joaquina Bento)

Os participantes à VII Reunião Anual de Embaixadores da República de Angola expressaram nesta quarta-feira, em Luanda, a sua satisfação pelo empenho do país no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Os diplomatas consideraram necessário continuar a reflectir sobre os temas actuais.

A posição vem expressa no comunicado lido no final da reunião, aberta segunda-feira pelo ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, tendo analisado questões de impacto da política externa angolana, o estado das relações político-diplomáticas e de cooperação bilateral e multilateral.

Durante os trabalhos, os diplomatas foram informados pelos representantes dos ministérios do Interior e dos Serviços de Inteligência sobre os riscos do terrorismo em Angola, assim como o fenómeno das redes sociais.

Na mesma senda, o secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, informou sobre a actual situação da candidatura de Mbanza Congo à Património Mundial da Humanidade, e agradeceu os esforços empreendidos pelos embaixadores junto dos países acreditadores para o êxito desde desejo nacional.

Na ocasião, os diplomatas enalteceram os esforços do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na condução da política externa de Angola.

Sublinharam o importante papel do Presidente nos ganhos da diplomacia angolana, durante os 40 anos.

Participaram na reunião, 35 embaixadores extraordinários e plenipotenciários acreditados nas diferentes missões diplomáticas representadas no exterior do país e directores das unidades orgânicas do Ministério das Relações Exteriores. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA