Destacado contributo do país na pacificação da RCA

Mahamat Kamoun (DR)

O primeiro-ministro da República Centro Africana (RCA), Mahamat Kamoun, afirmou nesta segunda-feira, em Luanda, que o contributo de Angola tem sido muito importante para a paz e estabilidade no seu país.

A declaração foi feita à imprensa, no Aeroporto Internacional 04 de Fevereiro, após ter desembarcado em trânsito para o seu país, depois de participar na 2ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo do Fórum de Cooperação África – China, decorrida de 04 a 05 deste mês, em Joanesburgo (África do Sul).

“A República de Angola, em particular o Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, têm dado um grande contributo para a pacificação da RCA, fruto das excelentes relações de cooperação entre os dois países”, exprimiu.

Disse ser um orgulho vir a Luanda, porque este país e o seu presidente “têm sido irmãos e amigos”.

Em relação à Cimeira África-China, disse que os Chefes de Estado e de Governo africanos congratularam-se com a realização do fórum, sobretudo o quadro que irá orientar a cooperação entre o continente berço e o “gigante asiático”.

“Esta Cimeira foi uma oportunidade para os países africanos fazerem um balanço e perspectivar os próximos três anos. É a primeira vez que se realiza em solo africano, o que permitiu analisar várias questões como a industrialização e o seu desenvolvimento para os próximos anos”, salientou.

Congratulou-se com o montante (sessenta mil milhões de dólares) disponibilizado pela China, salientando que vai permitir resolver os problemas mais prementes e prioritários que os países africanos enfrentam.

Questionado sobre a estabilidade reinante na RCA, fez saber que dia 27 deste mês realiza-se a primeira volta das eleições presidenciais e legislativas, que será antecedida de um referendo, para a escolha dos governantes para os próximos anos.

No Aeroporto Internacional 04 de Fevereiro, Mahamat Kamoun, que deverá deixar a capital angolana na manhã desta terça-feira, foi recebido pela secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança, entre outros responsáveis.

Sob o lema “China e África avançam de mãos dadas: cooperação de benefícios mútuos para o desenvolvimento comum”, no fórum participaram mais de 40 Chefes de Estado e de Governo africanos, sendo Angola representada por uma delegação chefiada pelo Presidente da República José Eduardo dos Santos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA