Cunene: Membros do comité dos direitos humanos no Cunene entram em funções

António Didalelua - Governador do Cunene/foto arquivo (Foto: Lucas Netos)

Os 23 membros do Comité provincial dos Direitos Humanos no Cunene, oriundos de instituições do Estado e da sociedade civil, entraram nesta quarta-feira em funções, em Ondjiva, numa cerimónia o orientada pelo governador local, António Didalelwa.

O comité tem com coordenador o delegado provincial da Justiça e Direitos Humanos na região, Gabriel Ndempomito.

Os empossados juraram trabalhar em conformidade com a Constituição da República e tudo fazer para que os direitos humanos na província conheçam cada dia que passa melhoria significativa quanto à sua observância pelos órgãos do Estado.

Na ocasião, o governador da província do Cunene, lembrou aos empossados para trabalharem com dedicação, entrega e tudo fazerem para maior divulgação dos direitos humanos.

Sustentou que o governo é o primeiro interessado na observância e cumprimento dos direitos humanos, motivo pela qual tem vindo a desenvolver acções focadas à aplicação desses instrumentos legais.

O comité provincial de direitos humanos é um órgão multissectorial criado para garantir a promoção e protecção dos cidadãos, por via de trabalho coordenado e articulado com todos os actores público e da sociedade civil. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA