Cuanza Norte: Polícia Nacional reforça medidas de segurança para quadra festiva

Reunião do Conselho Consultivo do Minint no Cuanza Norte (Foto: Estevão Manuel)

O comando provincial da Polícia Nacional no Cuanza Norte reforçou as medidas de segurança nas ruas e bairros da circunscrição com o objectivo de manter a ordem e a tranquilidade públicas durante a quadra festiva, garantiu à Angop uma fonte policial.

A informação vem expressa no comunicado final da 4ª reunião do Conselho Consultivo Alargado da Delegação Provincial do Ministério do Interior (Minint) e do comando provincial da polícia nacional, realizada neste final de semana, referindo que os órgão operativos, particularmente, os comandos municipais da corporação foram orientados a intensificar as medida de controlo e prevenção da criminalidade.

De acordo com a nota que a Angop teve hoje acesso, as medidas consubstanciam-se ainda em planificação de acções policiais dos comandos municipais limítrofes às zonas propensas de ocorrência de crimes e acidentes de viação, visando assegurar às populações uma quadra festiva tranquila e em harmonia social.

O documento avança que a reunião, que decorreu sob o lema “Minint passos firmes rumo a modernização”, foi orientada pelo delegado do Minint e comandante provincial da Polícia Nacional no Cuanza Norte, comissário José Alexandre Manuel Canelas, e visou avaliar o grau de cumprimento das orientações saídas da reunião anterior deste órgão consultivo, as actividades desenvolvidas no terceiro trimestre do ano em curso e a situação de segurança pública do mesmo período.

A materialização do decreto presidencial nº173/15 sobre o indulto, lei sobre a nova orgânica dos tribunais e das medidas cautelares em processo penal, plano de preparação, contingência, resposta e recuperação de calamidades e desastres, bem como o plano de acção para o próximo ano, foram igualmente aflorados durante a reunião.

Visando a harmonização dos conhecimentos de valências práticas dos operadores de justiça na região, os participantes à reunião foram agraciados com duas palestras sobre a lei nº 2/15, de 2 de Fevereiro, da organização e funcionamento dos tribunais da jurisdição comum e lei nº 25/15, de 18 de Setembro, das medidas cautelares em processo penal, proferida pelo procurador adjunto da república no Cuanza Norte, Domingos Joaquim.

Na sessão de abertura da reunião, o delegado do Minint e comandante provincial da Polícia Nacional no Cuanza Norte, comissário José Alexandre Manuel Canelas, sublinhou a necessidade do reforço da relação dos órgãos do Minint na província e demais instituições, assim como as medidas operativas para a garantia da manutenção e ordem públicas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA