Cuanza Norte: Elefantes devastam culturas de camponeses

Manada de Elefantes (Foto: preparado Zita Gonçalves)

Uma manada de elefantes está a destruir as culturas agrícolas e a causar pânico no seio da população da comuna de Aldeia Nova, no município da Banga (província do Cuanza Norte).

Segundo o administrador da comuna de Aldeia Nova, José Manuel Paulo, em declarações hoje, à Angop, para além de destruírem as lavras dos populares, os elefantes estão igualmente a aproximar-se das residências, causando pânico à população.

Apontou as culturas da mandioca, banana e feijão como as mais visadas.

Salientou que a permanência desta situação poderá provocar fome aos habitantes da região, nos próximos tempos.

José Paulo disse que os elefantes aparecem com maior frequência nos bairros mais distantes da sede comunal, como Caboco, Bessenguele e Quimazundo.

Disse serem frequentes situações do género na região, onde os métodos usados como queima de pneus, produção de som com tambores e outros utensílios têm sido ineficazes para afugentar os animais.

Localizado aproximadamente a 37 quilómetros da vila da Banga, sede do município, a comuna da aldeia nova conta com uma população estimada em três mil e 423 habitantes, tendo a agricultura como principal fonte de subsistência. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA