Cuando Cubango: Ministro Chikoti visita o Tumpo

Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti. (ANGOP)

Os ministros das Relações Exteriores de Angola e do Congo Brazzaville, Georges Rebelo Chikoti, e Jean Claude Ngakosso, visitaram neste sábado o Triângulo do Tumpo, principal palco da Batalha do Cuito Cuanavale, entre as Ex-FAPLA e as tropas sul-africanas do Aparthed.

No final da visita, o ministro das Relações Exteriores de Angola disse à imprensa que o Apartheid reprimia os povos na África do Sul, Namíbia e não só, mas a luta das Ex-FAPLA e determinação de morrer ou vencer foi uma grande prova para o mundo.

Esta prova, sublinhou, está nas contribuições de Angola, de modo geral, para a libertação da África Austral, da Namíbia e o fim do Apartheid na África do Sul.

Recordou que o regime do Apartheid foi obrigado a iniciar negociações diplomáticas que culminaram com os acordos de Nova Iorque, em 1988, tendo admitido a possibilidade de encontros entre sul-africanos, americanos, cubanos e russos.

Este encontro, esclareceu, teve por objectivo o fim do seu envolvimento no conflito angolano e iniciar então uma fase que permitiu a implementação da resolução para a Independência da Namíbia, a libertação de Nelson Mandela, na África do Sul.

Este facto, de acordo com o ministro das Relações Exteriores, é histórico porque é uma lição para África.

Quanto as relações entre os ambos países, Georges Chikoti garantiu que são excelentes, daí o seu homólogo do Congo Brazzaville, nesta sua visita a Angola, concordar com a deslocação ao Cuito Cuanavale.

Já o ministro do Congo Brazzaville disse que é a primeira vez que visita o Cuito Cuanavale e assim o escolheu por tudo quanto aquele município ostenta na história de Angola, da África e sobretudo na história da região da África Austral.

No Cuito Cuanavale, os dois ministros visitaram, a par do Triângulo do Tumpo, a Fazenda Agroindustrial Longa e hoje, último dia, estão em Menongue, propriamente no “Game Lodge” (parque de animais selvagens). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA