COP21: UE e ACP formam acordo a favor do clima

(EURONEWS)

A esperança de alcançar um acordo em Paris, sobre o clima, aumentou vários graus depois da União Europeia e dos países ACP terem formado uma aliança.

Os 28 e os 79 países da África, Caraíbas e Pacífico – grupo que inclui, entre outros, a China, a Índia ou o Brasil -, chegaram a acordo sobre alguns dos pontos mais controversos. Em eles, aceitar que os progressos sejam mensurados e contabilizados e o texto revisto de 5 em 5 anos.

“O acordo de Paris deve ser legalmente vinculativo, abrangente, justo, ambicioso e forte. Deve ser um acordo com metas a longo prazo que nos sirvam de guia no longo caminho que temos de percorrer desde agora até alcançarmos o objetivo de limite do aquecimento a 2° centígrados”, explicou Miguel Arias Cañete, o comissário Europeu para a Energia e a Ação Climática.

A União Europeia prometeu ainda, até 2020, uma ajuda de 475 milhões de euros aos países parceiros, para os ajudar nas ações que tomem a favor do clima.

Laurent Fabius, o chefe da Diplomacia francesa e presidente da COP21, prometeu, para esta quarta-feira, a apresentação, aos 195 países participantes, de um projeto de acordo, que permita passar à face negocial do texto final. (EURONEWS)

por Dulce Dias | com AP, AFP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA