Conferência sobre História do MPLA marca festividades dos 59 anos de existência do partido

Sede Nacional do MPLA (MPLA)

Os 59 anos de existência do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) assinalados hoje, quinta-feira, é celebrado com a realização de uma conferência sobre o ” percurso Histórico deste partido” numa promoção do Comité Municipal do partido de Icolo e Bengo, em Luanda.

O Primeiro secretário em exercício do MPLA de Icolo e Bengo, Diamantino Adão de Almeida, no seu discurso de abertura, fez uma incursão histórica falando da luta de libertação de Angola, contra o regime colonial português e os sacrifícios para o alcance da independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.

Segundo o político, o MPLA é o maior partido e tem responsabilidades acrescidas no desenvolvimento do país, que até hoje Luta pelo progresso e justiça social de todos os Angolanos.

O Comité Municipal de Icolo e Bengo possui 22 mil 815 militantes, distribuídos em 210 comités de acção, enquanto a OMA tem enquadrado nas suas fileiras 11 mil 215 militantes, repartidas em 250 secções de base, sendo que a JMPLA controla oito mil e 259 membros divididos em 100 organizações de base (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA