Comandante da Policia Nacional em Cabinda apela população a manter civismo

Comissário Eusébio Domingos e Costa- Comandante Provincial da Policia Nacional em Cabinda (Foto: Angop)

O comandante provincial da policia nacional em Cabinda e delegado do Minint, comissário Eusébio Domingos e Costa, apelou a população a manter o civismo e a colaboração com as forças de asseguramento que têm vindo a manifestar durante a quadra festiva.

Em declarações, hoje, quarta-feira, a imprensa no final de um encontro com os membros do Conselho do Comando provincial sobre as ocorrências das últimas 24 horas sobre o asseguramento das festas de passagem de Fim de Ano, Eusébio Domingos e Costa indicou que as forças numa composição de mais de quatro mil efectivos, continuarão a sua prontidão e espírito de missão visando garantir a protecção e segurança das populações permitindo um ambiente salutar durante as festas que se avizinham.

“Estaremos prontos como antes em manter a ordem e a tranquilidade no seio das populações e especificamente nesta quadra festiva de Fim de Ano. Não queremos que haja situações desagradáveis no seio da população. Por isso os nossos efectivos estarão em todas as áreas para permitir que nada venha perturbar o sossego e o ambiente festivo”, disse.

Apontou igualmente que as forças de asseguramento estarão igualmente atentos a qualquer violação das fronteiras, bem como reforçarão as medidas de combate a imigração ilegal, criminalidade, especulação de produtos e ao contrabando de combustíveis.

Sublinhou ainda que os efectivos da policia nacional vão marcar presença nos locais onde se realizarão as vigílias, reveillons e outras festas que concentrarão grandes molduras humanas.

Louvou o civismo que a população ao nível da província tem vindo a manifestar, colaborando com a policia nacional e outras forças de defesa e segurança, acatando os conselho que visam a prevenção rodoviária, no uso moderado de bebidas alcoólicos e no combate a outros males que alterem a ordem e a tranquilidade públicas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA