Coligação tenta evitar terceiro mandato de Kabila no Congo

(SIPHIWE SIBEKO/REUTERS)

Mais de 27 figuras de alto perfil na República Democrática do Congo, incluindo Moise Katumbi, considerado um dos principais candidatos da oposição as eleições presidenciais do próximo ano, formaram uma coligação para impedir tentativa de Joseph Kabila disputar um terceiro mandato, segundo uma declaração do grupo.

“Decidimos combinar nossas forças, nossos recursos humanos e materiais, nossas estratégias e nossas acções para criar uma coligação chamada ‘Frente Cidadã 2016′”, diz a declaração.

Kabila, que está constitucionalmente impedido de brigar um terceiro mandato, não comentou publicamente sobre suas ambições políticas, apesar das acusações dos críticos de que ele está tentar permanecer no poder.

O anúncio da coligação surge no momento em que o Parlamento do país centro-africano considera dar mais protecção a ex-governantes, o que é visto como uma forma de incentivar Kabila a deixar o poder em Novembro de 2016.

O maior produtor de cobre da África não tem tido uma única transição pacífica de poder desde a independência da Bélgica em 1960. (REUTERS)

por Amedee Mwarabu Kiboko

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA