Coletivo apoiado por EUA assume controlo de barragem síria depois de combates com jihadistas (vídeo)

(EURONEWS)

As Forças Democráticas da Síria, colectivo armado apoiado pelos Estados Unidos e composto por curdos, árabes e cristãos assírios, assumiram, este sábado, o controlo de uma barragem em Tishreen, na província de Aleppo.

Considerada estratégica, esta é uma das três barragens principais no rio Eufrates. Os combates com jihadistas do auto-denominado Estado Islâmico prolongaram-se por 72 horas e traduziram-se na morte e captura de vários militantes. A ofensiva para recuperar a barragem avançou na quinta-feira e visa ganhar a cidade síria de Raqqa dos extremistas.

Na Síria e no Iraque, o Estado Islâmico tenta consolidar-se no norte dos dois países para prosseguir os planos expansionistas. Mossul, no Iraque, é o principal feudo desde junho de 2013, e Raqqa, na Síria, a ponte de união com Aleppo.

Do outro lado da fronteira, as forças iraquianas entraram num antigo complexo do Governo, na cidade de Ramadi, que caiu nas mãos dos jihadistas em maio.

O avanço no terreno é, no entanto, feito com cautela. A operação de reconquista de Ramadi começou em Novembro. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA