Cardeal italiano faz doação após escândalo por reforma de apartamento

(AFP)

Acusado de usar o dinheiro destinado à caridade para reformar o seu luxuoso apartamento no Vaticano, o cardeal italiano Tarcisio Bertone doou 150.000 euros à fundação católica que teria pago a obra – informou a imprensa italiana neste sábado.

Ex-secretário de Estado, cargo que equivale ao de primeiro-ministro do Vaticano, Bertone, de 81 anos, garante que ele mesmo custeou os cerca de 300.000 euros na reforma do imóvel, de frente para a praça de São Pedro.

Um documento que aparece em um livro publicado este ano pelo jornalista de investigação italiano Emiliano Fittipaldi aponta que Bertone teria usado 200.000 euros da Fundação do “Ospedale Pediatrico Bambino Gesù”, em Roma.

“Reconhecendo que o episódio foi prejudicial para (a Fundação do) ‘Bambino Gesù’, o cardeal Bertone (…) fez uma doação por um montante de 150.000 euros”, metade do total, declarou hoje a presidente da instituição, Mariella Enoc.

O cardeal foi afastado do cargo pelo papa argentino em 2013, pouco depois da posse de Francisco como Sumo Pontífice. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA