Cabinda: Vandalização de postos de energia preocupa autoridades

Subestação de energia (Foto: Pedro Parente/Arquivo)

O secretário provincial de Energia e Águas de Cabinda, André Massanga, manifestou-se, terça-feira, preocupado com a vandalização dos postos de transformação, sobretudo na cidade capital.

O responsável manifestou a preocupação no acto de abertura da campanha de sensibilização da população sobre os cuidados a ter no uso da energia eléctrica e água potável, que decorre sob o lema “ Poupar energia, garante a estabilidade”.

André Massanga fez saber que Cabinda é uma das províncias do país onde se regista mais casos de danificação de postos de transformação (PT) de corrente eléctrica por via do vandalismo.

Informou que existem mais de duas centenas de casas ligadas ilegalmente à rede eléctrica, uma situação de anarquia que pode causar prejuízos graves nos transformadores, privando assim grande parte da população deste bem durante a quadra festiva.

“A nível nacional fomos informados que a província onde mais transformadores queimam é Cabinda e isto preocupou o governo. Como sabemos, estamos numa fase crítica e viemos cá para poder conversar com a população para poder passar esta mensagem como podemos poupar o pouco que temos”, referiu o responsável.

André Massanga exortou a população dos bairros onde se registam ligações ilegais por técnicos não autorizados a denunciar tais práticas por serem criminosas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA