BNA reafirma inexistência de crise de dólar na economia

Governador do Nacional de Angola (BNA), José Pedro de Morais (Foto: Clemente Santos)

O governador do Banco Nacional de Angola, José Pedro de Morais, reafirmou hoje, sexta-feira, a inexistência de crise de dólar na economia nacional, mas referiu que a balança de pagamento do país é deficitária.

O principal gestor do Banco Central disse que o país tem menos recursos em divisas, mas o Orçamento Geral do Estado aprovado hoje tenta dar resposta a essa necessidade temporária de receitas externas.

Em função da necessidade de divisas, disse que “há uma serie de medidas que o Parlamento recomendou e que a economia vai adoptar para se poder reequilibrar o mais depressa possível a balança cambial.

Quanto aos compromissos que o governo assumiu, como o pagamento de eurobonds em dólares, disse que estão absolutamente seguros e que as reservas externas são suficientes para acudir todos os compromissos externos em termos da anulação à economia.

Referiu, ainda na senda dos compromissos externos, que há uma série de programas que estão gizados pelo Executivo e a ideia fundamental é canalizar os poucos recursos que existem para o sector produtivo.

Ao ser abordado sobre a diferença muito acentuada entre a taxa de câmbio oficial e a do paralelo, disse que se deve ao facto da formação de preço no paralelo ser especulativa e realiza um número ínfimo de operações ao contrário do oficial. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA