Arábia Saudita: 20 eleitas em primeiro escrutínio com mulheres (vídeo)

(EURONEWS)

Pelo menos 20 mulheres foram eleitas para cargos em concelhos municipais na Arábia Saudita, em eleições históricas que contaram, pela primeira vez, tanto com candidatas, como eleitoras femininas.

Os resultados são avançados por uma página web ligada ao ministério saudita do Interior. Os 20 assentos conquistados por candidatas do sexo feminino representam apenas 1 por cento dos 2100 postos que estavam em jogo.

Ainda assim, as eleitas dizem que é um passo importante no reino ultraconservador.

Rasha Hefzi, que conquistou um assento no concelho municipal de Jeddah, explica que “poder lidar, em primeira mão, com as necessidades dos cidadãos, com documentos que, até agora, estavam fora do alcance das mulheres, fará com que [a mulher saudita] se torne mais qualificada, no futuro, para lidar com outros assuntos. Há um futuro melhor à espera da mulher saudita, mas ainda há muito trabalho pela frente”.

As eleitas consideram o resultado melhor do que o esperado, depois de uma campanha e votação marcadas pela segregação total dos sexos, imposta pela lei islâmica que rege o país.

Na Arábia Saudita as mulheres não podem conduzir, e precisam da autorização de um homem para casar, viajar ao estrangeiro, trabalhar ou estudar. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | com EFE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA