Angola e outros países da CPLP preparados para acções humanitárias

(Foto: José Peixe)

No âmbito da componente de defesa e cooperação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), realizou-se em Portugal, o exercício com Forças no Terreno (FT) Felino 2015.

O exercício atrás referenciado decorreu de 9 a 18 de Setembro de 2015, na Área Militar de São Jacinto (Regimento de Infantaria N.º 10), em Aveiro e no aeródromo de manobra N.º 1, em Macedo, Ovar.

(Foto: José Peixe)
(Foto: José Peixe)

Os exercícios militares da série “Felino” surgem no quadro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e têm como objectivo treinar uma Força Tarefa Conjunta e Combinada, permitindo aumentar a interoperabilidade e incrementar o treino das Forças Armadas dos Estados-Membros em Operações de Apoio à Paz e de Ajuda Humanitária, conduzidas sob a égide da Organização das Nações Unidas (ONU).

Delegações de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, participaram no “Felino 2015”, através da integração dos seus militares na estrutura de direcção do Exercício e no Estado-Maior da Força Tarefa Conjunta e Combinada.

Para o “Felino 2015” foi criado um cenário fictício para simular uma situação de crise num país com contornos políticos, económicos, humanitários e de segurança interna muito complexos, permitindo treinar a Força Tarefa Conjunta e Combinada, gerada no âmbito da CPLP, no planeamento e condução de uma Operação de Apoio à Paz e outra de Apoio Humanitário.

Ou seja, esta operação visou preparar alguns países da CPLP, como Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Brasil e Guiné-Equatorial a estarem preparados do ponto de vista militar, para acolher refugiados provenientes de outros estados africanos como a Nigéria ou o Chade, onde se t~em verificado vários ataques terroristas levados a cabo pelo grupo extremista Boko Haram.

O próximo exercício “Felino 2016” terá lugar em Cabo Verde. (Portal de Angola)

por José Peixe 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA