Angola e EUA abordam segurança internacional

Manuel Augusto sercretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores (Foto: Lino Guimaraes)

Questões ligadas a segurança internacional e em particular do continente africano dominaram quarta-feira, em Luanda, as conversações oficiais entre o secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto e a sub-secretária norte-americana para o Controlo de Armas e Segurança Internacional, Rose Gottemoeller.

Em declarações à imprensa, no final do encontro, Manuel Augusto informou que o mesmo decorreu no âmbito da troca regular de informações entre ambos os Governos, tendo precisado que Rose Gottemoeller, para além de ser informada dos últimos desenvolvimentos na região, transmitiu algumas preocupações do seu governo relacionadas a segurança internacional e continental.

De acordo com Manuel Augusto, a sub-secretária norte-americana, é também portador de uma missiva, no qual o seu governo felicita o Estado angolano por ter aderido e ratificado algumas convenções no domínio do armazenamento, destruição da utilização de armas químicas e bacteriológicas.

Realçou que tais tratados foram considerados e aprovados pela Assembleia Nacional (AN) como passos positivos e prestigiam Angola, particularmente na qualidade de membro não permanente do Conselho de Segurança.

Por seu turno, a sub-secretária norte-americana para o Controlo de Armas e Segurança Internacional, deu a conhecer que a sua vinda Angola tem como objectivo reforçar a cooperação no domínio da segurança entre ambos os Estados.

Adiantou que existe todo o interesse do seu Governo em continuar a trabalhar no domínio da segurança regional, no que concerne a área marítima, sobretudo na Região dos Grandes Lagos no que toca a manutenção da paz. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA