59 pessoas desaparecidas em deslizamento de terra na China

(AFP)

Cinquenta e nove pessoas estavam desaparecidas neste domingo em uma zona industrial do sul da China após um gigantesco deslizamento de terra que sepultou mais de 20 imóveis, informa a imprensa estatal.

Mais de 1.500 socorristas foram enviados ao local da tragédia. O deslizamento aconteceu pouco antes do meio-dia em Shenzhen, uma cidade da província de Cantão, ao norte de Hong Kong.

As equipes de resgate conseguiram retirar quatro pessoas dos escombros. De acordo com a agência oficial Xinhua, três dos quatro resgatados sofreram ferimentos leves e o quarto não tem ferimentos.

Até o momento as autoridades não mencionaram mortes.

De acordo com o jornal Shenzhen Evening News, quase 900 pessoas foram retiradas da área antes da tragédia.

Vinte e dois imóveis foram atingidos pelo deslizamento, incluindo dois dormitórios para trabalhadores, segundo o canal público CCTV. A emissora informou que muitas pessoas foram retiradas dos dormitórios de forma preventiva.

As causas do deslizamento de terra são desconhecidas. Um vídeo divulgado pelo site da Xinhua mostra uma gigantesca nuvem de poeira e montanhas de escombros.

No mês passado, 38 pessoas morreram em outro deslizamento de terra na província de rural de Zhejiang. (AFP)

(actualizado as 19h25 horas tmg)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA