Uma máquina para fazer cerveja em casa e outras novidades do mundo da tecnologia

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A próxima feira de Electrónica de Consumo de Las Vegas está agendada para Janeiro. Mas, para dar ao público uma ideia das novidades que serão apresentadas no início do ano, a organização do evento fez uma pequena mostra em Nova Iorque.

Um dos destaques da feira foi uma máquina para fabricar cerveja em casa. O utilizador pode escolher vários parâmetros incluindo a quantidade de álcool.

“O mais importante é o facto de podermos fazer cervejas únicas que não se encontram facilmente. Se a pessoa quiser beber um certo tipo de cerveja fresca, só pode consegui-la se sair de casa e for até à fábrica. E algumas cervejas custam muito dinheiro, podem custar 15 dólares. Com esta máquina, uma garrafa fica por um ou dois dólares. O custo deixa de ser o problema, trata-se de ter acesso a cerveja fresca e de qualidade”, indicou Avi Geiger, diretor do departamento de Tecnologia da Pico Brew.

Outro dos destaques do evento, uma bola robótica equipada com sensores. O aparelho concebido para uso doméstico fornece informações sobre a temperatura, a humidade e o fumo e está ligado à Internet.

“Com esta esfera só precisa de ter uma bola que se desloca de uma parte da casa para a outra, pode transmitir vídeos, áudio, medir a temperatura e a humidade ou detetar um fogo em casa e enviar um alerta. O utilizador pode deixar a bola rolar em casa e ela pesquisa e verifica se se trata de uma situação preocupante ou não”, explicou Omar Barlas, fundador da empresa Sensor Sphere.

A Adidas lançou uma bola para os fãs de futebol. O aparelho fornece uma série de dados estatísticos sobre o jogo.

“A bola de futebol tem um acelerómetro com três eixos e um conjunto de sensores que mede a velocidade, a rotação e fornece essa informação através de uma aplicação. A pessoa fica a saber como jogou”, disse Vinti Bhatnagar, porta-voz da Adidas.

O “Wearality” é um pequeno aparelho que se adapta ao smartphone e que permite aceder à realidade virtual através de um par de óculos.

Outra novidade para os desportistas, o “skulpt”, mede a quantidade de gordura e massa muscular do utilizador. Basta molhar o músculo com água, colocando o sensor nessa parte do corpo.

“É o primeiro aparelho que permite medir a gordura e o músculo. O utilizador fica a saber quanta gordura perdeu, quanto músculo ganhou e se ficou mais forte. Consegue medir 24 músculos do corpo e dar uma estimativa global da gordura global graças a três músculos, o tricípite, o abdominal e o quadricípite”, afirmou José Bohorquez, presidente da Skulpt.

Depois de Nova Iorque, a feira de electrónica de consumo de Las Vegas organiza um evento similar em Paris e em Tóquio para expor as novidades de 36 empresas de tecnologias. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA