Solução da imigração ilegal deve ser urgente

Ângelo da Viegas Tavares - Ministro do Interior (arq) (Foto: Gaspar Dos Santos)
 Ângelo da Viegas Tavares - Ministro do Interior (arq) (Foto: Gaspar Dos Santos)

Ângelo da Viegas Tavares – Ministro do Interior (arq) (Foto: Gaspar Dos Santos)

A imigração ilegal continua a constituir um problema que urge dar solução, equacionando estratégias mais incisivas e pragmáticas, devidamente coordenadas, no sentido de desencorajar tal apetência, declarou nesta quinta-feira, em Luanda, o ministro do Interior.

Ângelo Tavares discursava na reunião do Conselho Consultivo Alargado do seu pelouro, que avalia as actividades desenvolvidas pelos seus distintos órgãos durante o ano em curso e estratégias que visam garantir a situação de segurança pública do país.

Considerou necessário divulgar a lei e as consequências do auxílio à imigração ilegal, quer por parte de cidadãos nacionais, quer por estrangeiros, que de forma indecorosa proporcionam hospitalidade aos mesmos.

Por outro lado e sem prejuízo aos limites que a segurança do país impõe, o ministro disse ser necessário estudar mecanismos que permitam facilitar a concessão de vistos para atracção de técnicos capazes e desenvolver o turismo no país.

Em relação ao Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, apelou para uma coordenação eficiente com os governos provinciais, para responder com maior acutilância o impacto negativo das consequências das chuvas e estiagens em certas regiões do país. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA