Solidariedade com doentes angolanos com SIDA

(DR)
(DR)
(DR)

Movimento de solidariedade com seropositivos e doentes angolanos com a SIDA, por parte de associações em Angola, em vésperas do dia mundial de luta contra a doença da SIDA, apesar de fraca taxa de penetração.

Associações humanitárias e da sociedade civil angolanas já estão em campo para sensibilizar a população em Angola, para a problemática do vírus HIV, no quadro do dia mundial de luta contra a SIDA, no dia 1 de dezembro.

O dia deste sábado, 28 de novembro, realizou-se todo um programa de actividades culturais e sociais, em Luanda, mas também em várias outras cidades de Angola, tendo como mote a slidariedade com as vítimas da SIDA.

Apesar de Angola ter uma baixa taxa de prevalência de doentes com a SIDA, um pouco mais de 2 por cento, as associações de apoio e solidariedade, estão preocupadas com a tendência para um aumento crescente da doença da SIDA.

Angola, conta com mais de 700 mil seropositivos, mas o tratamento disponível não abrange  todos os doentes afectados.

O país dispõe apenas de uma unidade sanitária de referência no hospital Esperança de Luanda. (rfi.fr)

por João Matos / Avelino Miguel

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA