Professores na Huíla actualizam conhecimentos sobre métodos de ensino da língua Portuguesa

Maria João Chipalavela - vice-governadora da Huíla (Foto: Morais Silva)
Maria João Chipalavela - vice-governadora da Huíla (Foto: Morais Silva)
Maria João Chipalavela – vice-governadora da Huíla (Foto: Morais Silva)

Pelo menos 150 professores do ensino primário e do I Ciclo da província da Huíla estão desde hoje, na cidade do Lubango, a actualizarem, em workshop, os seus conhecimentos em metodologias e recursos para o ensino da Língua Portuguesa, uma iniciativa da direcção provincial da Educação.

O evento com duração de dois dias tem como objectivo capacitar a bolsa de formadores a nível da província, para poderem desencadear no período que antecede o ano lectivo de 2016, algumas acções em todos os municípios sobre o assunto em questão.

Na ocasião, a vice-governadora provincial da Huíla para o sector político e social, Maria João Chipalavela, disse ser fundamental olhar para aqueles que trabalham arduamente no ensino primário, pois são eles que levam sempre todas as culpas, de que os alunos não sabem ler nem escrever, porque eles é que não são os bons professores, porque eles é que não ensinam bem os alunos.

“(…) a nossa grande preocupação foi trazer para o ensino primário a professora Doutora Ana Maria, para partilhar connosco não só as nossas inquietações, mas também nos trazer aquilo que pode ser um grande contributo para a melhoria da qualidade do ensino primário”, realçou.

Por seu turno, o director provincial da Educação, Ciência, Cultura e Tecnologia da Huíla, Américo Chicote, considerou que o seminário vem em bom momento para capacitar os professores do ensino primário e com o auxílio da facilitadora portuguesa irão partilhar conhecimentos.

Afirmou que o objectivo é ajudar a dirimir situações técnicas que tem a ver com o ensino da língua portuguesa a nível das escolas do ensino primário e do primeiro Ciclo.

Participam representante dos 14 municípios, técnicos da direcção provincial e docentes do ISCED, estando igualmente prevista a abordagem da formação do leitor de literatura na contemporaneidade. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA