Professores aconselhados a reflectirem sobre o seu real papel

António do Nascimento Alexandre, Director Nacional do Ensino Técnico Profissional (Foto: António Escrivão)

A directora Nacional de Formação de Quadros do Ministério da Educação, Luísa Grilo, aconselhou hoje, segunda-feira, os professores a reflectirem sobre a sua real missão na sociedade e os desafios contínuos da árdua profissão que exercem.

António do Nascimento Alexandre, Director Nacional do Ensino Técnico Profissional (Foto: António Escrivão)
António do Nascimento Alexandre, Director Nacional do Ensino Técnico Profissional (Foto: António Escrivão)

Em declarações à Angop no âmbito da comemoração do Dia do Educador Nacional, assinalado a 22 de Novembro, Luísa Grilo afirmou que a data representa um reconhecimento público e os professores devem buscar o reconhecimento pelo trabalha exercido da educação.

Os professores e os educadores, disse, têm de andar de mãos dadas, visto que maior será o êxito do professor se conseguir mobilizar os encarregados, a integração da escola e a sua comunidade.

A responsável reconheceu que ainda não se dá muito valor ao professor, desde o ponto de vista da qualidade do trabalho que fazem e as condições materiais em que trabalham.

Luísa Grilo lamentou, por outro lado, o facto de existirem professores que não cumprem com as normas.

“Existem alguns bem vistos e outros que mancham a classe e a estes peço que façam um esforço para a melhoria do quadro”, reforçou.

Por sua vez, o director Nacional do Ensino Técnico Profissional, Nascimento Alexandre, apelou os professores a centrarem-se nos alunos, para não sofrerem as consequências da má formação.

“Os professores devem vestir a bata para leccionar no verdadeiro sentido da palavra ou seja de alma e coração”, frisou.

No dia 22 de Novembro de 1976, o primeiro Presidente de Angola, Dr. António Agostinho Neto, declarou aberta a campanha de alfabetização, em Luanda, nas instalações da antiga fabrica de têxteis designado Textang II, e ficou marcada na história do país como data consagrada aos mestres do ensino, e a partir de 1978 foi institucionalizado como dia Nacional do Educador. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA